Author Image
facebook

Curta na Praça Comunidades

Realizado desde 2008, durante cinco anos consecutivos visitou as localidades do Complexo da Maré,  Complexo do Alemão, Cidade de Deus, Del Castilho, entre outras comunidades violentas, do entorno da Linha Amarela. Surgiu do desejo de levar as famílias às praças públicas e espaços de grande circulação, para conhecer o Brasil através da recente produção de filmes brasileiros de curta metragem dos gêneros documentário, animação e ficção. Resgatar os programas em família e a ocupação dos espaços públicos com atividades culturais. As sessões acontecem aos sábados e domingos, as 18:30 e 20:30, com exibição de filmes de censura livre, e distribuição de combo refrigerante/ pipoca. Após as sessões votação e bate papo com  distribuição de brindes. Contratação de mão de obra local para auxiliar na montagem e divulgação do evento. Apresentou 165 sessões, levando para o cinema 39.365 espectadores, entre 2008 e 2012.

2010 – COMUNIDADES DO RIO DE JANEIRO

Pelo terceiro ano consecutivo o curta-metragem virou programa de final de semana em comunidades do Rio de Janeiro.

Esse é o Curta na Praça, projeto sócio-cultural idealizado pela atriz e produtora Juliana Teixeira, da Nova Bossa Produções Culturais, que tem o objetivo de democratizar o cinema brasileiro e resgatar os programas feitos em família. De 1º de maio a 6 de junho, 20 curtas foram exibidos gratuitamente em seis comunidades do Rio de Janeiro.

A idéia surgiu em 2001, quando Juliana realizou seu primeiro filme neste formato e participou de diversos festivais pelo Brasil, mas só em 2008 o sonho de produzir um projeto social voltado para a circulação de curtas-metragens virou realidade. A proposta é atuar no acesso e na formação de público disseminando valores humanos a partir do cinema.

Ao todo, aproximadamente 18 mil pessoas assistiram aos 30 filmes exibidos e participaram votando para escolher os favoritos nos dois anos do projeto. Para muitos, foi o primeiro contato com o cinema. E por se tratar de um formato bem representativo da cinematografia brasileira, numa única sessão com cinco filmes, pode-se mostrar toda diversidade do que é produzido em diferentes regiões do país.

O Curta na Praça é uma iniciativa cultural gratuita, antenada e familiar, que veio para enriquecer o conhecimento e descontrair um público que possui pouco acesso à grande tela. Os títulos selecionados não possuem cenas de violência, nem sexo, e trazem em suas histórias certas semelhanças com a realidade dos espectadores. A maioria foi premiada em festivais no Brasil e exterior, e alguns estão concorrendo ao Grande Prêmio do Cinema Nacional: “A distração de Ivan” (melhor ficção), “Sweet Karolynne” (melhor documentário) e “A princesa e o violinista”, “O menino que plantava invernos” e “O anão que virou gigante” (melhor animação).

Este ano, além das duas sessões (às 18h e 20h) nas praças de Bonsucesso, Maré, Caju e Del Castilho, houve exibições em duas escolas municipais, na Maré e na Cidade de Deus. Nos anos anteriores mais de seis mil crianças participaram do projeto e este ano foi a vez de mais 2.800 alunos levarem consigo as referências dos temas apresentados nas sessões. Essa parceria destaca o potencial do uso audiovisual na educação, ampliando as possibilidades didáticas.

Com apoio da Coca-Cola e o incentivo do Instituto Invepar e Lamsa, concessionária que administra a Linha Amarela, as sessões nas comunidades ofereceram pipoca e refrigerante gratuitamente para o público.

TOTAL DE 20 FILMES EXIBIDOS

VENCEDORES JURÍ POPULAR

1º Maré Capoeira - Paola Barreto

2º Malasartes Vai a Feira – Eduardo Goldenstein

3º Bicho – Vitor Brand

Seleção de Filmes

A Cidade e o Poeta – Luelane Corrêa

A Distração de Ivan – Cavi Borges e Gustavo Melo

A Princesa e o Violinista – Guto Bozzeti

As Coisas que Moram nas Coisas – Bel Bechara e Sandro Serpa

Bicho – Vitor Brand

Crisálidas – Fernando Mendes

Deus Vai Nos Ajudar – Pedro Carvana

Galinha ao Molho Pardo – Feliciano Coelho

Hotel do Coração Partido – Raioni Assis

Malasartes Vai à Feira – Eduardo Goldenstein

Maré Capoeira - Paola Barreto

Mitos do Mondo – Como Surgiu a Noite? – Andrés Lieban

Mitos do Mondo – Porque o Canguru Salta em Duas Patas? – Andrés Lieban

Muito Além do Chuveiro - Poliana Paiva

O Anão que Virou Gigante – Marão

O Menino que Plantava Inverno – Victor Hugo Borges

Os Filmes Que Não Fiz – Gilberto Scarpa

Sweet Karolynne – Ana Barbara Ramos

Um Lugar Comum – Jonas Brandão

X Coração – Lisandro Santos

9.240 Beneficiados em 46 Sessões

Cronograma de Apresentações
Beneficiados 5.080 Espectadores em 12 Sessões

01 de Maio – COMUNIDADE AGRICOLA DE HIGIENÓPOLIS
750 espectadores

08 de Maio – PARQUE MARÉ
800 espectadores

15 de Maio – COMUNIDADE BENTO RIBEIRO DANTAS
750 espectadores

22 de Maio CONJUNTO PINHEIRO
950 espectadores

05 e 06 de Junho - CAMPO ÁGUIA DE OURO
750 espectadores
1.080 espectadores


Beneficiados 4.160 Alunos da rede pública em 34 Sessões

17 de Maio – C.E PEDRO ALEIXO – CIDADE DE DEUS
1.060 espectadores

20 e 21 de Maio - E.M JOSUÉ DE CASTRO - MARÉ
1.800 espectadores

01 de Junho (terça-feira) – CIEP HENFIL - CAJÚ
1.300 espectadores
Ficha Técnica
Idealização e Coordenação - Juliana Teixeira
Produção Executiva e Administração - Acacio Velloso
Produção e Divulgação local - Leo Braga
Animadores Culturais - Juliana Teixeira e Angelo B
Assessoria de Imprensa - Binômio Comunicação
Fotógrafos Still - Ana Rodrigues e Daniel Chiacos
Programação Visual - Eduardo Damm
Equipe de Divulgação - Alunos do Projeto Caminho da Cultura e Associação Comunitária
Equipamento Iluminação - Iris Iluminação
Equipe de Iluminação - Alunos do Projeto Passageiro do Futuro
Autoração DVD - Super Video Produções
Secretário - Mario Gomes
Equipe de Projeção e Sonorização - Projecine
Equipe Pipoca - Pipocando
Realização - Nova Bossa Produções Culturais